Em média, os Ocidentais atiram fora o seu próprio peso em lixo cada três meses. Deitar fora o nosso lixo doméstico requer espaço Reciclar_cápsulas_Nespresso_0031.jpgde terreno, aumenta o número de camiões nas nossas ruas e cria problemas de poluição, portanto reduzir o que deitamos fora faz sentido.
Hoje em dia todos somos encorajados a reciclar, mas reciclar é só uma forma de diminuir o lixo que produzimos. Em vez disso, pensa nos três "Rs" - reduzir, reutilizar e reciclar.

Reduz os teus desperdícios

Reduzir a quantidade de lixo que criamos é uma das melhores coisas que podemos fazer pelo ambiente. Quase todos os nossos desperdícios vêm de coisas que compramos, assim reduzir o lixo não começa nos baldes de lixo mas nas lojas. Em média, quase 75% do lixo produzido numa casa, provêm das embalagens.

  • Escolhe produtos com o mínimo de embalagem.
  • Diz à tua mãe para comprar os frutos e legumes à unidade.
  • Escolhe produtos com embalagens recicláveis.
  • Compra embalagens maiores, pois uma embalagem maior usa menos material do que duas pequenas.
  • Faz as tuas próprias porções para levar para o almoço e embrulha-as em papel antigordura ou sacos ou recipientes reutilizáveis

Reutiliza artigos de casa
Reutilizar significa dar às coisas outra utilidade antes de as deitarmos fora ou reciclarmos.
  • Volta a encher as garrafas de água mineral com água da torneira. Enche as garrafas com regularidade para evitar formação de germes.
  • Leva as roupas que já não queres para lojas de caridade ou de venda em segunda mão.
  • Sê criativo com os teus recipientes vazios! Usa recipientes de plástico ou lata para guardar artigos de cozinha ou de casa ou para plantar ervas, flores ou sementes ou para criar/construir artefactos diversos nas aulas. Vê os exemplos que se seguem:

Reciclar para reduzir o consumo de energia
Os termos reutilizar e reciclar muitas vezes confundem-se, mas em geral reciclar significa reformar alguma coisa. O papel reciclado, por exemplo, é primeiro
lavado, depois transformado em pasta e estendido em novas folhas. Alguns plásticos são reciclados em fibras para carpetes, mobília de jardim, barris para agricultura, sacos de lixo, molas de roupa, etc. O metal e o vidro para reciclar são derretidos numa fornalha para remodelar. Sabias que a reciclagem de uma lata de alumínio utiliza só 5% da energia que seria gasta para fazer uma nova lata de minério de alumínio e a energia poupada é suficiente para ligar uma televisão durante duas horas? Se não tiveres um cesto de reciclagem para ser recolhido pelas autoridades locais, usa tu mesmo cestos ou caixas separadas para reciclar vidro, papel e plástico, se possível, e leva-os para um posto de reciclagem logo que estejam cheios.
Assim, reciclar o mais possível é melhor do que usar novo - e reutilizar é ainda melhor - mas reduzir o nosso lixo é definitivamente a opção mais ecológica. Lembra-te que as indústrias de reciclagem só existem se houver um mercado para os seus produtos. Portanto, compra artigos reciclados sempre que puderes.

O que é que podemos reciclar?
Papel e cartão Reciclar papel poupa as árvores e uma quantidade significativa de água e de electricidade.
Vidro O vidro pode ser reciclado indefinidamente.
Plástico A maioria das garrafas de plástico é feita de PET, um plástico reciclável.
Texteis Os bancos de roupas podem vender roupas usadas como trapos para indústrias de engenharia.
Pilhas Os metais tóxicos das pilhas contaminam a água do subsolo. Leva as pilhas usadas para pontos de recolha apropriados.
Composto Se tiveres espaço fora de casa, transforma em composto o lixo da tua cozinha e do teu jardim.

Texto adaptado do livro "seja ecológico escolha biológico" da editora Sheherazade Goldsmith